Empresa mineira australiana anuncia melhorias na extração de grafite em Moçambique

A empresa mineira australiana Syrah Resources anunciou hoje melhorias significativas no seu projeto de extração de grafite em Moçambique. "O plano de melhoria de produção da operação de Balama", mina situada na província de Cabo Delgado, norte do país, "está a apresentar resultados sólidos", lê-se numa comunicação distribuída aos investidores. A empresa mantém como objetivo "atingir a meta de produção para este ano, de 101 a 106 quilotoneladas de concentrado de grafite". Ao mesmo tempo, "continua a haver operações na cadeia de fornecimento para reduzir os níveis de ?stock', em particular no porto de Nacala". A empresa anunciou em novembro a assinatura de um novo contrato com uma fábrica chinesa, no seguimento de outros que, segundo a firma, "demonstram a penetração da grafite de Balama da Syrah na China e no mercado de material para baterias", referiu Shaun Verner, diretor executivo da Syrah. A sociedade mineira australiana é uma das empresas internacionais que está a explorar grafite no norte de Moçambique. A procura por grafite está em alta a nível mundial por ser um componente usado em baterias, numa altura em que os mercados de automóveis movidos a eletricidade e de outros produtos elétricos, como as aeronaves autónomas (popularizadas através da palavra inglesa 'drone'), estão em expansão.
Ler 132 vezes
Avalie este item
(0 votos)

About Author