“2017 Foi um ano de oportunidades, realizações e desafios”

“2017 Foi um ano de oportunidades, realizações e desafios”

 

A AVITUM reconheceu o esforço empreendido pelas autoridades nacionais para a melhoria do ambiente de negócios no sector do turismo e não só. Por via disso, a agremiação distinguiu Silva Dunduro, David Simango e Iolanda Cintura durante a sua gala anual. Os antigos dirigentes, Carvalho Muária e Fernando Sumbana, também, mereceram a distinção.

 A Associação dos Agentes de Viagens e Operadores Turísticos de Moçambique (AVITUM) juntou parceiros, membros do Governo e antigos dirigentes para fazer o balanço do ano que agora termina.

Numa gala bastante concorrida, que contou a presença do ministro da Cultura e Turismo, Silva Dunduro, do presidente do Município de Maputo, David Simango, da governadora da mesma urbe, Iolanda Cintura, bem como dos antigos ministros do Turismo, Fernando Sumbana e Carvalho Muária, a AVITUM usou da ocasião para, igualmente, assinalar a passagem dos 15 anos da agremiação.

Noor Momade, presidente da AVITUM, afirmou, na ocasião, que o ano de 2017 “continuou para os agentes económicos actuando no sector turismo, de uma forma geral, caracterizado por um misto de oportunidades, realizações e desafios”.

Ou seja, para o responsável, os associados da AVITUM não passaram ao lado da instabilidade económica que o país vive desde 2015 e que promete permanecer, embora em menor escala, em 2018.

Porém, ainda de acordo com Noor Momade, os agentes de viagens e operadores turísticos continuarão ”a realizar todas as acções necessárias para tornar real o sonho de fazer do turismo uma indústria em Moçambique, com vantagens cada vez maiores para a economia por via da elevação da contribuição do sector na criação de postos de trabalho, na geração da riqueza, no Produto Interno Bruto e, em última análise, no desenvolvimento económico sustentável”.

O responsável revelou que a agremiação acrescento ainda que a agremiação tem vindo a trabalhar para a remoção de alguns obstáculos para melhorar o ambiente de negócios, como receita fundamental para materializar o objectivo do Gorno ao eleger o turismo como um dos pilares de desenvolvimento em Moçambique.

Na ocasião, Silva Dunduro realçou o papel da AVITUM na promoção do turismo em Moçambique, mas desafiou os agentes a multiplicarem as suas acções com vista garantir que a contribuição do sector nas contas nacionais alcance os níveis desejados.

Agostinho Vuma, presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), usou a ocasião para congratular a Cotur por ter sido distinguida como o melhor promotor da TAP em África. Segundo Vuma, esta iniciativa orgulha o país e o empresariado nacional e desafiou as outras agências a se agigantarem para alcançarem o mesmo patamar.

Ler 1857 vezes Última modificação em Terça-Teira, 12 Dezembro 2017 08:20
Avalie este item
(0 votos)

About Author