Nova AMECON: Advogados vão apoiar lista B a criar uma Ordem dos Economistas

Nova AMECON: Advogados vão apoiar lista B a criar uma Ordem dos Economistas

O bastonário Flávio Menete garantiu apoio institucional da Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM), na criação de uma Ordem dos Economistas de Moçambique, um dos mais ambiciosos projectos da lista B, nas eleições que vão decorrer na AMECON, no próximo dia 10 de Abril. Tal garantia foi dada no encontro que o bastonário da OAM manteve, na última quinta-feira, com o candidato a presidente da direcção da lista B da AMECON-Associação Moçambicana dos Economistas. Rodolfo Nogueira Dias disse ter solicitado tal encontro, para junto dos "mais experientes, como os da Ordem dos Advogados, colher ensinamentos que ajudem a associação que pretendo liderar, nos próximos anos, a constituir, pela primeira vez no nosso País um mecanismo regulador da actividade de economistas e gestores, através do registo e certificação profissional, como também do exercício da acção disciplinar e de controlo sobre os profissionais do nosso ramo". Flávio Menete mostrou-se satisfeito, por poder partilhar a experiência dos advogados junto da classe profissional dos economistas e gestores, a quem transmitiu um conjunto de conhecimentos sócio-profissionais que ajudarão a lista B a alcançar o seu desiderato. "Sentimos o entusiasmo desta lista B, a da Nova AMECON, e achamos que é nosso dever apoiar uma organização sócio-profissional, tão importante como a dos economistas e gestores. Disse ao candidato Rodolfo Nogueira Dias que este projecto irá implicar um grande trabalho, mas que poderá contar com o nosso apoio". De igual modo, a lista B manteve já, com o mesmo objectivo, contactos com a Ordem dos Contabilistas, bem como a dos Médicos. Refira-se que a lista B é a única concorrente que, na sua composição de órgãos sociais, inclui membros das províncias e também a única com representatividade do género, pois tem 45% de mulheres na equipa de gestão. O cabeça-de-lista, Rodolfo Nogueira Dias, formado no Brasil e na Inglaterra, é um profissional bancário afecto à banca de investimentos, tendo igualmente experiência em docência, nomeadamente sobre Mercado de Capitais, matéria que ensinou na Universidade Politécnica, na cidade de Maputo. Na sua carreira profissional, já trabalhou para instituições como o Banco Santander, Prosper – Correctora de Valores Mobiliários e Câmbio, no Brasil e na Bloomberg L.P., em Londres. Foi finalista das Jornadas Científicas Bancárias, organizadas pelo Banco de Moçambique, iniciativa que promove a pesquisa económica sobre a economia moçambicana.
Ler 108 vezes
Avalie este item
(0 votos)

About Author